Biografia - Prema Dasara

APRESENTANDO PREMA DASARA


 

"Devo Ter saído do útero de minha mãe dançando", afirma Prema Dasara, que iniciou seu aprendizado formal de dança aos três anos de idade.

 

Prema Dasara, americana que se criou entre Estados Unidos e Índia. Dançarina e professora de dança sagrada internacional, tendo sido treinada por muitos nos com mestres das danças sagradas da India, Nepal, Tibet e Balí. Seu esforço tem sido oferecer as coisas de forma coloquial, de forma a tornar esses ensinamentos acessíveis a todos.

 

"Devo Ter saído do útero de minha mãe dançando", afirma Prema Dasara, que iniciou seu aprendizado formal de dança aos três anos de idade. Logo cedo abandonou as formalidades para dançar de maneira auto-didata, como seu ídolo Isadora Duncan, como expressão pessoal natural. E só retornou ao estudo formal quando foi para a Índia em 1976 e tornou-se aluna de Ramani Ranjan Jena, um mestre do estilo Odissi de Danças Clássicas dos Templos Indianos. Durante os seis anos que passou na Índia trabalhou como editora para a Sociedade Teosófica, mergulhada no estudo das religiões comparadas. Estudou Música Clássica Indiana e Sânscrito para aprofundar sua compreensão da cultura indiana.

 

Conhecida por seu trabalho com a dança ritual "Dança Mandala das 21 Preces de Tara", ela tem ensinado e oferecido danças sagradas internacionalmente por muitos anos. Primeira pessoa no mundo a desenvolver e ensinar esta dança. Em 1986 Prema Dasara criou a Dança Mandala das 21 louvações à Tara. A prece tradicional tibetana utilizada nesta oferenda de dança é uma prática completa de transformação pessoal.

 

Tara é uma deidade “divindade” do Tantra budista, uma potencialidade latente em todos nós. Engajar-se na prática de Tara é vivencia-la, corporifica-la e descobrir nossa própria perfeição.

 

A dança de Tara é uma expressão das mais elevadas ideais humanos. A meta prática é a mente iluminada- integração de todas as dimensões da consciência, a visão clara da verdade por trás dos fenômenos, o desenvolvimento da mente de forma que ela possa funcionar na vida cotidiana, empoderar e inspirar. Prema compartilha métodos que fazem dos desafios, frustrações, alegrias e realizações da experiência cotidiana oportunidades para manifestar nossas inspirações pessoais

  

Com formação oriental e ocidental em dança, ela estudou religiões comparadas por toda sua vida e tem praticado o budismo sob a orientação de mestres tibetanos diariamente e em retiros isolados pelos últimos 30 anos.

 

Ela é reconhecida por alguns dos mais respeitados Lamas Tibetanos como uma ponte entre as expressões orientais e ocidentais de sabedoria ancestral.  Sua santidade o 14º Dalai Lama e o 17º Karmapa; Sogyal Rinpoche e Lama Tarchin Rinpoche da tradição Nyingmapa; Tara Rinpoche da tradição de Gelugpa e sua Eminência Jamgon Kongtrul da tradição Kagyu; Dagmola Kushog e Lama Kunga da tradição Sakyas. Todos deram suas bênçãos e encorajamento. Foi convidada a apresentar o ritual para muitos dos mais consagrados Lamas, inclusive Sua Santidade o Dalai Lama que proclamou a dança como "maravilhosa".

 

Prema é profundamente comprometida em abrir as portas da magnífica visão do dharma a todos os que forem receptivos. Rejubilando-se na preciosidade de nosso potencial humano, ela convida a todos a reconhecer a sabedoria e a compaixão que dançam em seus próprios corações.

 

Prema ensina com humor, clareza e intensidade. Ela guia qualquer pessoa que participe do seu trabalho a experienciar seu próprio potencial, e ensina métodos claros e simples de desenvolver essa sabedoria na vida cotidiana.

 

Seu trabalho é atual e atemporal e é considerada uma ponte entre as expressões orientais e ocidentais da sabedoria ancestral.

OM TARE !